terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Resenha: Marina

Ficha do Livro

Título: Marina
Autor: Carlos Ruiz Zafón
Editora: Suma
Paginas: 189













         Acredite quando escrevo que Marina é um livro que vai te conquistar desde a primeira linha até o último ponto final. E o que afirmo não é exagero da minha parte, é a mais pura verdade.

Zafón me prendeu do inicio ao fim e mais uma vez me cativou e encantou de maneira surpreendente. O autor tem o dom de fazer com que as palavras se transformem em cenas realistas, bem ali na sua frente. Incrível. Para mim Carlos Ruiz Zafón é um dos mais completos autores que já li.

O livro tem várias facetas, no começo da leitura você vai acreditar que se trata de um belo romance, num outro momento, nas cenas de suspense, o clima transfigura-se e você pode ter a sensação de que uma nuvem escura tomou conta do ambiente.  Logo em seguida a trama se reverte numa aventura eletrizante, para finalmente chegar à parte mais comovente do livro, o momento em que as lágrimas simplesmente caem e você se vê apaixonado pela história de Marina.

Óscar Drai tem 15 anos e estuda em um internato na Barcelona dos anos 80. Um garoto curioso que vive em busca de aventuras. Então todas as noites ele foge do internato para conhecer as ruas do bairro. Até que numa noite, atraído por uma bela música, ele entra em um casarão, que a principio parecia abandonado. Dentro do imóvel, ele se encanta pelos quadros e por um relógio de ouro, mas repentinamente, um vulto se levanta da poltrona e Óscar corre amedrontado de volta para o internato, com o relógio na mão.

Ele não tinha a intenção de levar o relógio, mas o enorme pavor que sentiu no momento fez com que se esquecesse de deixá-lo onde encontrou. Óscar tinha uma reputação e não era um ladrão, tratou de voltar ao casarão e devolver o objeto. De volta à mansão o garoto conhece Marina, uma menina que vive com o pai e um gato, na casa que um dia foi um lar feliz e cheio de alegria.

Marina e Óscar Drai se tornam próximos e percebem que têm em comum a vontade de descobrir coisas novas e desvendar mistérios. Um dia Marina o convida para um passeio ao cemitério e lá observam uma misteriosa dama de preto, que visita um túmulo que não tinha nome, apenas um símbolo - a borboleta preta. Movidos pela curiosidade e com intuito de conhecer mais sobre a enigmática mulher, eles a seguem e descobrem algo reveladamente assustador.

Ficou curioso?!? Então corre e leia Marina. Um livro curto, com menos de 200 páginas, mas extremamente completo e envolvente. A história é bem amarrada, a narrativa é excepcional e os personagens são bem construídos e cativantes. A dose exata de delicadeza e terror. Simplesmente extraordinário.


Espero que gostem da resenha e se deliciem com a história de Marina. Beijos!





5 comentários:

  1. Andreia, querida, tenho uma paixão arrebatadora por Zafón. Li a trilogia O Cemitério dos Livros Esquecidos e virei fã. Acho que A Sombra do Vento é a obra mais bonita e intensa dele.
    Tenho Marina aqui e comecei a ler, mas interrompi porque livros de resenha chegaram e precisava cumprir o prazo. Mas senti nas primeiras páginas essa magia que vc citou na resenha.
    Lerei em breve, com certeza!
    Beijo!

    Obrigada por comentar na minha resenha.
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Manu

      Gostei muito do livro "A sombra do Vento". Sabe quando algo surpreendente acontece e você fica...não sei como explicar quando li esta obra prima. Sensacional!
      Bom ter ver por aqui!
      Beijos

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Eu só não li este livro ainda por falta de oportunidade em compra-lo, mas ele está a tempos na minha lista de leituras, agora depois da sua resenha acho que vou dar uma forcinha para compra-lo. Adorei a resenha.
    Abraços,
    Gisela
    @lerparadivertir
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gisela,
      Isso mesmo, faça esse esforço. Garanto que não vai se arrepender!

      Beijos

      Excluir

Depois de aprovado, seu comentário poderá ser visualizado.
Obrigada pela visita!